Wednesday, Oct 23rd

Última actualização:08:25:23 AM GMT

Manchetes:
Você está aqui: Publicações Notas de imprensa, Artigos, Reportagens Russia: Linguas nacionais de Angola estudadas em S. Petersburgo
 
na Rússia
 
Angola

Russia: Linguas nacionais de Angola estudadas em S. Petersburgo

Versão para impressão
2004-07-08_linguas_angolanas_press-center_emb_aNOTA DE IMPRENSA

Olof Palme, 6
MOSCOVO

Capa livro espaco lusofono Duas das Línguas Nacionais de Angola, o kimbundu e o kikongo, integram o programa curricular dos cursos de estudos africanos da Universidade Estatal de S. Petersburgo. A informação foi revelada pelo académico russo Andrei Jukov, chefe da Cátedra de Estudos Africanos da referida universidade, que deu a conhecer, igualmente, a existência, na Biblioteca da Academia de Ciências de S. Petersburgo, de livros sobre a etnia kimbundu e o seu folclore, escritosem 1863 e em 1865.

Dentre as obra destaca-se uma gramática da língua kimbundu.

Falando na presença do Embaixador de Angola na Rússia, General Roberto Leal Monteiro “Ngongo”, numa cerimónia pública realizada no Palácio Smolny, sede da Prefeitura de S. Petersburgo, Andrei Jukov realçou a necessidade de se enriquecer, com novas obras, a base material de estudo das línguas kimbundu e kikongo que constituem disciplinas opcionais na cátedra que dirige.

Por seu turno, o Embaixador Ngongo garantiu que tudo fará no sentido de se estabelecer a ligação entre o Instituto Angolano de Línguas Nacionais e a Universidade Estatal de S. Petersburgo, mais concretamente a sua Cátedra de Estudos Africanos.

Ambos fizeram essas revelações no acto de lançamento do livro “No Espaço Lusófono”, editado, recentemente, pela Sociedade de Cooperação Científica, Cultural e Empresarial com os Países Lusófonos “Farol”, com o apoio da Missão Diplomática de Angola na Rússia.

O livro de 370 páginas, reune comunicações de africanistas russos, de investigadores portugueses e brasileiros, e o conjunto de materiais dos colóquios sobre literatura angolana, ocorridos em Setembro de 2002, nas cidades de Moscovo e de S. Petersburgo, que tiveram como oradores principais os escritores Agostinho Mendes de Carvalho (Uanhenga Xitu), Artur Pestana (Pepetela) e Frederico da Silva Cardoso (Roderick Nehone).

Sector de Imprensa na Embaixada, 08.07.2004