Bonga em Moscovo

Versão para impressão

O cantor angolano Barceló de Carvalho “Bonga Kuenda” animou, no fim-de-semana, dois espectáculos musicais na capital russa, Moscovo.

Acompanhado da banda “Semba Masters” o “embaixador” da música angolana, que conta com um repertório de cerca de 350 composições, interpretou vários temas de sucesso como “Kamacove”, Olhos Molhados “ e “Kisangusangu”. Nos dois espectáculos, o público vibrou do princípio ao fim. “Água Rara” e “Praça” foram os temas mais aplaudidos. Os russos cantaram, dançaram e no fim pediram “eshó adinu pessniu” (mais uma canção). Face ao pedido em uníssono, Bonga e o Semba Masters “bisaram” a faixa “Praça” para gaúdio do público.

Na manhã de ontem, Domingo, Bonga e o Semba Masters foram homenageados pela Embaixada de Angola na Rússia no decurso de uma sessão cultural denominada “caldo angolano na neve”.

Durante o acto, que reuniu a Comunidade Angolana em Moscovo e representantes diplomáticos dos estados africanos de língua oficial portuguesa, foi exibido o primeiro DVD de Bonga que recebeu das mãos do embaixador de Angola na Rússia, general Roberto Leal Monteiro “Ngongo” brindes representativos de ambos os países.

Gesto idêntico teve o diplomata em relação a banda Semba Masters, integrada por Betinho Feijó, Carlitos Chiemba, Lito Graça e Fusica.

Com o êxito alcançado em Moscovo, Bonga e o Semba Masters que estão radicados em Lisboa, estão, agora, na “mira” de algumas das principais agências de promoção de espectáculos da Rússia. Eles esperam voltar no Verão de 2005.

O “embaixador” da música angolana deixou já Moscovo com destino a Luanda, onde deverá chegar amanhã, Terça-Feira, para lançar o seu novo álbum discográfico intitulado “Maiorais”.

Aos 62 anos de idade e 32 de carreira, o ilustre cantor angolano Barceló de Carvalho “Bonga”, lança, em média, um disco por ano.

Sector de Imprensa na Embaixada, 21.12.2004.